A Natação é uma Importante Competência de Vida em Portugal

Num país com mais de 2000 km de costa (incluindo Açores e Madeira), variadas lagoas, praias fluviais e inúmeras piscinas, além de um cativante clima veranil, não é difícil compreender a necessidade de se saber nadar.

A nível mundial, o afogamento será responsável anualmente por mais de meio milhão de mortes. Curiosamente, em Portugal é nos rios, lagoas e piscinas que ocorre o maior número, especialmente entre crianças e jovens. As Praia Faropraias registam menos de uma quinta parte das ocorrências. Nas piscinas, é mais comum em crianças até aos 4 anos. Rios e lagoas, em crianças entre os 10 e os 14. Nas praias, entre jovens dos 15 aos 18.

Desde cedo, os portugueses são familiarizados com as inúmeras práticas aquáticas que o país oferece. Daí a natação ser tão importante. Esta não é apenas uma excelente prática desportiva, mas uma real competência de vida, mesmo para quem não a pratique regularmente, pois em caso de emergência poderá fazer uma enorme diferença. A confiança em excesso e as adversidades inesperadas podem ditar resultados imprevisíveis. Um nadador pode dar um mergulho num mar com ondas baixas e ver-se arrastado pela corrente, situação deveras difícil de contrariar. Também as albufeiras, lagos artificiais originados pelas barragens, sem ondulação, são perigosas para quem não sabe nadar, pois após o segundo passo dentro de água poderá encontrar um enorme desnível, ficar sem pé e, se for numa zona com terras argilosas, tudo pode acontecer.

Portugal, com a sua extensa costa, possui mais de 600 km de praias, sensivelmente metade delas vigiadas. Evite as não vigiadas, por questões de segurança. Cuidado nas piscinas, especialmente a sua piscina, relativamente a crianças.

Todo o cuidado é pouco! Se nunca presenciou duas crianças num colchão de ar a serem levadas pela corrente num rio, uma jovem a três metros da praia a ser arrastada pela corrente, um adulto numa albufeira ou numa piscina a ficar sem pé e a entrar em pânico, pois os conhecimentos de natação eram poucos… não queira presenciar! A segurança começa por si! Se a descurar, irá colocar outros em risco, quando o forem ajudar.